Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Programa Municipal incentiva empreendedores rurais

Publicado em 30/06/2014 às 00:00 - Atualizado em 20/08/2014 às 11:23

A agricultura familiar está associada à política de desenvolvimento rural sustentável, pois enfatiza o equilíbrio entre os aspectos econômicos, sociais e ambientais deste processo.  Com o objetivo de auxiliar, fortalecer a agricultura familiar e impulsionar o desenvolvimento rural sustentável em União do Oeste, dando mais agilidade nas ações dos produtores rurais, o governo municipal de União do Oeste criou o Programa de Concessão de Incentivos à Avicultura, Bovinocultura de Leite, Fumicultura, à Suinocultura e outros empreendimentos rurais no município.

Após a aprovação da Câmara de Vereadores, o prefeito em exercício Celso Matiello sancionou no dia 10 de junho a Lei Municipal Nº 1.001, de junho de 2014, o que autoriza o município a auxiliar os agricultores empreendedores do município, com o valor de R$ 6,00 (seis reais) por metro quadrado construído, cujo pagamento é feito quando a obra estiver concluída e em pleno funcionamento.

O programa busca auxiliar os agricultores, principalmente nas obras que tem mais demanda como as construções de aviários, chiqueiros, esterqueiras, galpões de fumo, salas de ordenha de alimentação bovina e freestall, o que requer um maior volume de recursos do produtor. “Com esse auxílio do município vai facilitar para que o produtor construa a sua obra, a começar pela terraplanagem, onde o próprio agricultor contrata a empresa que irá prestar os trabalhos com máquinas”, diz o vice-prefeito Celso Matiello.

Antes da criação do programa o município prestava com as próprias máquinas os serviços de terraplanagem para os agricultores que vinham a realizar suas construções para as atividades do campo. Em razão da instituição do novo programa, o governo municipal não prestará mais os trabalhos de terraplanagem uma vez que, já vai repassar valores de recursos diretamente ao agricultor dependendo do tamanho da obra.  Desta forma o vice-prefeito Celso também destaque que, será possível agilizar ainda mais os trabalhos de estradas, sendo que não será mais preciso utilizar as máquinas da prefeitura para as obras particulares o que dava certo transtorno quando máquinas eram tiradas do cronograma de trabalho de estradas para atender as demandas de terraplanagens para futuras construções.


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos